Correção de Orelha Rasgada – Reconstrução do Lóbulo de Orelha

correcao de orelha rasgada

Correção de Orelha Rasgada – Reconstrução do Lóbulo de Orelha

Correção de orelha rasgada – O lóbulo da orelha é aquela porção em que se coloca os brincos. Lóbulo rasgado é chamado de Lóbulo Bífido.

É constituída de uma pele fina e que pode rasgar com o peso dos brincos, com alargadores ou com traumas.

É uma cirurgia simples e pode ser realizada com anestesia local. Não é necessária internação e é extremamente rápida.

Existem várias técnicas para reconstrução do lóbulo. Na clínica Armando Cunha são realizadas diversas reconstruções por ano. Aliás, é uma cirurgia muito procurada pelas mulheres.

São realizados pontos muito delicados e retirados por volta do décimo ao décimo quarto dia de pós-operatório. Os lóbulos podem ser furados para a colocação de brincos por volta de um mês de Pós-Operatório.

A correção de Orelha Rasgada é demorada?

Não, costuma demorar alguns minutos e é realizada ambulatorialmente.

A correção do Lóbulo dói no Pós-Operatório?

Não, pode haver um ardor após terminar o efeito da anestesia local. Mas analgésicos simples conseguem aliviar a dor.correcao-de-orelha-rasgada

Qual o preço dessa cirurgia?

Não passamos os valores dessa cirurgia por orientação do Conselho Federal de Medicina. Caso queira ter maiores informações, ligue para nossa clínica.

Qual o Pré-Operatório da reconstrução de lóbulo de orelha?

Se o paciente tem boas condições clínicas, não são necessários exames. É uma cirurgia com pouco sangramento

Quais as complicações mais comuns?

A infecção pode ocorrer mas é rara. No lugar do rasco haverá uma cicatriz residual. A dor é muito controlada. Sangramentos são raros.

Caso você apresente uma Orelha Rasgada, saiba que existe uma clínica em Brasília que realiza a reconstrução de forma rotineira.

Caso queira marcar uma consulta, ligue no 061 32346576.

A Clínica Armando Cunha encontra-se no Sudoeste do Distrito Federal. Será um prazer tê-la(o) aqui. Entre em contato.

Comments

comments

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *